O coronavírus é uma doença nem tão nova assim, mas que voltou com muita força neste ano. Ao todo, os governos afirmam que são já mais de 4 mil mortes e 110 mil casos confirmados de Covid-19. Então, descubra quais eventos que podem ser cancelados devido ao coronavírus.

Porque se você acha que isso não é tão importante assim considere que a bolsa de valores está caindo muito. Mas, obviamente, não é só isso. Os eventos, de grande importância para cidades e países, também estão sendo cancelados ou remarcados.

E a gente vai falar dos principais deles, inclusive, daqueles que podem deixar muito brasileiro infeliz. Mas, vale considerar que isso tem a ver como medidas preventivas, ok? Saiba mais sobre esses eventos.

Os eventos que podem ser cancelados devido ao coronavírus

Recentemente, em uma entrevista publicada no G1, da Globo, a infectologista e integrante da Sociedade Brasileira de Infectologia, Rosana Ritchmann, fez algumas observações sobre os eventos cancelados por conta do coronavírus.

“O mundo inteiro está tomando medidas drásticas para diminuir a expansão do Covid-19. Por isso, existe a revista para a possibilidade de grandes eventos serem cancelados ou adiados”. Ela continua dizendo que o risco é para o público e artistas.

“Os eventos estão sendo cancelados por motivos óbvios. Logo, quanto menos aglomerações de pessoas, menor será o risco da disseminação da doença”.

1 – Lollapalooza

Uma das principais dúvidas que as pessoas têm é sobre o Lollapalooza, que é um dos maiores eventos musicais do nosso país. Ele aconteceu anualmente em vários lugares do mundo, mas foi afetado pelo novo vírus que está circulando.

A programação teria início no dia 3 de abril, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A organização fez um comunicado falando que ainda não está certo que o evento será cancelado, mas que essa possibilidade existe sim.

“Diante disso, a prioridade é preservar a saúde e segurança do público, artistas e equipe de trabalho e acatar as medidas preventivas das autoridades públicas e sanitárias”, diz a nota.

2 – Festival de Curitiba

Esse é um dos festivais mais tradicionais do Sul do país e já foi cancelado. Ou melhor, foi reagendado para setembro. O início seria em 24 de março se não fosse o coronavírus.

“A decisão tem a ver com a segurança e o cuidado com a saúde de todo o público, dos artistas e de toda a equipe de trabalho. Os ingressos que já foram comprados continuam sendo válidos para a programação que foi confirmada”.

3 – São Paulo Fastion Weed

A SPFW é outro dos eventos que podem ser cancelados devido ao coronavírus. Aliás, pode não, já foi reagendado para novas datas. Os desfiles que estavam previstos para 24 a 28 de abril vão acontecer somente a partir de 16 de outubro.

Lembrando que essa é a temporada SPFW N50, que celebrar os 25 anos da semana de moda.

4 – Velozes e Furiosos 9

Uma série de filmes que fez o maior sucesso no mundo todo também mudou a sua data de estreia. Velozes e Furiosos está na sua 9ª edição e seria lançado em maio deste ano. Porém, a estreia na América do Norte só vai acontecer no próximo ano, sem data certa.

Veja os 7 famosos que estão contaminados com o coronavírus

O comunicado foi feito pelo Twitter e diz que “a mudança vai permitir que a nossa família global experimente este novo capítulo ainda. Nos vemos no ano que vem”, disseram os responsáveis pela publicação.

5 – Coachella

Coachella é um dos maiores festivais musicais do planeta. O evento acontece na Califórnia, nos Estados Unidos. O que mudou foi a data, que agora não vai ser mais entre 10 e 19 de abril, mas sim entre 9 e 18 de outubro.

Entre os participantes nacionais que estarão presentes temos a Anitta e Pablo Vittar. Além deles, Frank Ocean, Travis Scott, Rage Against the Machine e Lana del Rey.

6 – South by Southwest

Outro festival de música, e que também inclui o cinema, e é famoso em todo o mundo é o South by Southwest, que estava marcado para os dias que vão entre 13 e 22 de março. Ele foi cancelado e no comunicado oficial, há o indício de que a data será remarcada para este ano.

Ao todo, os shows teriam a apresentação de 8 bandas e artistas nacionais. “Ainda faríamos 17 shows por lá, mas tivemos que cancelar. Depois, iríamos para a Europa, mas estamos segundo. Também faríamos Treefort nos Estados Unidos, que foi adiado”, diz o grupo Glue Tripp.

7 – Os grandes shows

Os grandes shows que aconteceriam aqui na América Latina também tiveram problemas com o agendamento por causa do novo vírus. Assim sendo, os dois últimos shows de Maroon 5 aconteceriam na Argentina e Colômbia, mas foram canceladas.

No caso do The Who, que teria a sua turnê iniciada no Reino Unido, houve o cancelamento de vários shows ao redor do mundo. Já a bata da Coreia do Sul, BTS, anunciou que fariam transmissões apenas ao vivo. Mas, mudaram de ideia e cancelaram todas as apresentações.

Saiba como fazer álcool em gel caseiro igual do comprado

O Green Day também teve mudanças na rota. Assim sendo, uma turnê na Ásia foi adiada. “Guardem seus ingressos. Nós anunciaremos as novas datas muito em breve”, avisaram os integrantes em seus perfis sociais.

E até os eventos de talk shows e seriados americanos tiveram problemas. The Tonight Show, de Jimmy Fallon e Late Night, de Seth Meyers foram suspensos. Já a série The Morning Show, da Apple, ficou suspensa. E Riverdale parou as gravações por ter pessoas infectadas.